CLUTCH: RED Canids e W7M se enfrentarão na grande final

A RED Canids venceu a equipe argentina Isurus de virada por 2 a 1 e garantiu a vaga na grande final da segunda temporada do CLUTCH. O confronto da semifinal aconteceu neste sábado (16). Como resultado, a RED vai enfrentar a W7M na final deste domingo (17), às 19h. Para sua adversária chegar na final, W7M venceu a Vivo Keyd por 2 a 0 na última sexta-feira (15).

O Confronto

O mapa de abertura do confronto foi na Nuke, pick da Isurus. A equipe argentina começou em vantagem pelas suas vitórias seguidas de TR no início da primeira metade. Já no meio do half, a RED conseguiu voltar para o jogo, com isso se recuperando no mapa. No fim do primeiro half e no começo do segundo, a RED buscou a virada na partida, entretanto, a Isurus foi superior e conseguiu fechar o primeiro mapa por 16 a 14. O melhor rating do mapa foi para o jogador da Isurus, Gabriel “1962” Sinopoli, com 1.35. 1962 também teve a maioria dos abates e maior dano causado.

O segundo mapa foi na Train, pick da RED. No primeiro half, a Isurus não conseguiu encaixar suas jogadas defensivas no mapa, assim deixando a RED abrir uma vantagem de treze rounds no fim da primeira metade. A equipe argentina tentou voltar para o jogo no segundo half, mas a RED fechou o segundo mapa por 16 a 4. O melhor rating do mapa foi para o jogador da RED, Bruno “latto” Rebelatto, com 2.10. Latto também teve a maioria dos abates e maior dano causado.

A decisão ficou na Dust2. A Isurus começou vencendo os primeiros rounds, porém, a RED novamente conseguiu encaixar suas ofensivas em cima na equipe argentina. Como resultado, ambas as equipes conquistaram um primeiro half equilibrado. Por outro lado, na segunda metade, a RED se aproveitou dos erros individuais dos jogadores da Isurus e venceram a equipe argentina por 16 a 11. Mesmo perdendo, o melhor rating do mapa foi para o jogador da Isurus, Nicolás “Noktse” Dávila, com 1.38. Noktse também teve a maioria dos abates e maior dano causado.

Confira as estatísticas da partida:

Reprodução: HLTV

O Campeonato

O formato da competição é em duas fases: a primeira foi pontos corridos, onde todas as equipes jogaram uma vez com a outra, com mapas Md2. Como resultado, as quatros melhores foram para os playoffs, onde serão jogos Md3. A segunda temporada do CLUTCH teve oito equipes na disputa do título. Inicialmente, as partidas eram presenciais, no estúdio da BBL, em São Paulo. Entretanto, com a pandemia de Covid-19 (coronavírus), as partidas passaram a ser online.

A premiação do torneio será de mais de 1,1 milhões de reais. O vencedor leva a premiação de 65 mil reais, e os quatro primeiros do campeonato estarão classificados para a quinta temporada da Gamers Club Masters, que acontece nos dias 25 a 28 de junho. Vale ressaltar que o campeão da segunda edição ganharia a vaga para MOCHE XL Esports, que aconteceria em Lisboa, Portugal. Entretanto, a edição de 2020 foi cancelada devido a pandemia.

E para ficar por dentro de todas as novidades de jogos, filmes e séries, acompanhe o Multiverso+ nas redes sociais: FacebookInstagram e Twitter.

Leia também:

CS:GO: DreamHack anuncia formato da Open Summer 2020

Future lança álbum “High Off Life” com Travis Scott, Drake, DaBaby e mais; escute agora

Comentários

Sempre atento no mundo do cinema, games e esports. Atualmente escrevo sobre CS:GO e Valorant. Jornalista formado pela Universidade Anhembi Morumbi.

Caio Rozendo

Sempre atento no mundo do cinema, games e esports. Atualmente escrevo sobre CS:GO e Valorant. Jornalista formado pela Universidade Anhembi Morumbi.