CS:GO: FURIA é campeã da IEM New York NA

A FURIA venceu de virada a 100 Thieves por 3 a 1 e conquistou o título norte-americano da IEM New York 2020. A grande final Md5 aconteceu neste domingo (18). Além do título, a FURIA conquistou a premiação de 25 mil dólares (cerca de 140 mil reais), mais a pontuação de 2500 para o ranking do Major. Além disso, a equipe brasileira garantiu a vaga para a IEM XV: Global Challenge, que acontecerá em dezembro deste ano.

O Confronto

Nuke

Mapa de escolha da FURIA. Mesmo vencendo o round pistol, a FURIA não entrou no primeiro half. Como resultado, a 100T fechou os bombs no lado CT e conquistou a vantagem de 13 a 2. No segundo half, 100T encostou no match point, mas a FURIA voltou no fim do jogo e conquistou rounds seguidos. Por fim, a FURIA não conseguiu segurar e perdeu em um round eco da 100T, fechando a Nuke por 16 a 9 para a equipe australiana.

Inferno

O segundo mapa do confronto foi de escolha da 100T. A equipe brasileira começou abrindo uma vantagem de 4 a 0 no começo do half. Mas a vantagem foi diluída com os tiros encaixados de TR da 100T, assim virando e equilibrando o half por 8 a 7. No segundo half, a FURIA venceu o round pistol e os anti-ecos. Mas a equipe australiana não se rendeu e buscou novamente a virada, empatando por 14 a 14. Por fim, a FURIA foi superior nas execuções dentro dos bombsites e venceu o mapa por 16 a 14.

Vertigo

O mapa seguinte foi na Vertigo, pick da FURIA. Sendo famosa em fazer uma boa Vertigo, a equipe brasileira não fez diferente e jogou um primeiro half de TR dominante. Fechando a primeira metade por 11 a 4. No segundo half, a FURIA continuou com o domínio do mapa, sem deixar a 100T pontuar nenhuma vez no half. Como resultado, a FURIA venceu o terceiro mapa por 16 a 4 e virou o jogo no placar geral.

Mirage

O quarto mapa foi na Mirage, pick da 100T. No primeiro half, a FURIA continuou dominante como nos últimos mapas, e castigou as ofensivas TR da equipe australiana. Assim fechando o half por 11 a 4. Na segunda metade, a 100T buscou a virada em seu lado CT, dificultando para a FURIA. Entretanto, a equipe brasileira conseguiu fechar os rounds com as vitórias nos clutchs, assim fechando o mapa por 16 a 11.

Confira as estatísticas da partida:

Placar Geral
Reprodução: HLTV

Domínio Regional

Com a divisão de torneiros regionais durante o ano, a FURIA vem dominando o cenário norte-americano. Em 2020, além do título recente, a equipe furiosa conquistou campeonatos como DH Masters Spring, DH Open Summer, e a ESL Pro League S12.

O próximo desafio da FURIA será na BLAST Premier Fall Series 2020, onde as equipes da América de Norte e Europa vão se enfrentar novamente. A competição acontecerá nos dias 26 de outubro a 4 de novembro.

E para ficar por dentro de todas as novidades de jogos, música, filmes e séries, acompanhe o Multiverso+ nas redes sociais: Facebook, Instagram e Twitter.

Leia também:

Worlds 2020: G2 varre Gen.G de volta pra casa

Cyberpunk 2077 terá HQ digital exclusiva pela GOG.COM

M+ Podcast 36 – Dia das Crianças 2020

Comentários